Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Análise Econômica Semanal Meu Câmbio – 09/02/2021

09 de fevereiro , 2021 | em #MeuCâmbio |

Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Tenha acesso a toda a informação relevante para realizar sua operação de câmbio.

Cenário interno

Economia

Boletim Focus para 2021

PIB: 3,47%

IPCA: 3,60%

Câmbio: R$/US$ 5,01

Selic: 3,50%

Boletim Focus - Previsão da cotação do dólar e dos principais indicadores de acordo com pesquisa do BCB de 05-02-2021 - Blog Meu Câmbio
Boletim do Banco Central do Brasil com a expectativa do dólar e dos principais indicadores econômicos.

Em um esforço para reformular o auxílio emergencial, o Governo Federal pretende lançar proposta que libera três parcelas de R$ 200 para trabalhadores informais. A ideia é também alterar o nome do auxílio emergencial para Bônus de Inclusão Produtiva (BIP). Essa alteração tem o intuito de mudar a visão do programa e estabelecer novas exigências para o recebimento do benefício. As informações são da Folha de São Paulo.  O valor de R$ 200 foi pensado para ficar próximo ao patamar de benefício médio do Bolsa Família, aproximadamente, R$ 190. Assim, os beneficiários do Bolsa Família permanecerão no programa e não terão direito ao BIP.  (Fonte: Diário do Nordeste)

O relator Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) protocolou nesta sexta-feira parecer favorável ao projeto que dá autonomia para o Banco Central. O relatório veio nos moldes do texto aprovado pelo Senado no ano passado. Em seu parecer, o parlamentar destacou que a pandemia mostrou a importância da estabilidade de preços e que os beneficiários do auxílio emergencial perceberam um aumento da inflação pela elevação de preços de itens básicos de consumo. (Fonte: Valor Investe)

Faça seus pagamentos internacionais com o leilão da Meu Câmbio.

O Indicador Antecedente de emprego (busca antecipar tendências do Mercado de trabalho para os próximos meses, com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e dos serviços), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), recuou 2,2 pontos em janeiro deste ano ano e chegou a 83,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. No mês anterior, o indicador registrou uma alta de 1,2 ponto. (Fonte: Space Money)

O IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1), que mede a variação de preços da cesta de compras para famílias com renda de até 2,5 salários mínimos, teve inflação de 0,15% em janeiro deste ano. A taxa ficou abaixo da registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil, que mede a inflação para todas as faixas de renda e que ficou em 0,27% no mês. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (5) pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). (Fonte: R7)

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 1,125 bilhão em janeiro. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia. Apesar de negativo, o resultado foi melhor que o verificado em janeiro de 2020, quando o déficit foi de US$ 1,684 bilhão. (Fonte: G1)

Mesmo com problemas de falta de peças e o fechamento de fábricas da Ford, a indústria automobilística produziu em janeiro quase 200 mil veículos, volume 4,2% superior ao de igual mês do ano passado, quando ainda não tinha pandemia no País. Na comparação com dezembro, contudo, houve queda de 4,6%. Segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes, há aumento de demanda e fila de espera para alguns veículos, mas o setor ainda tem dúvidas se o crescimento será mantido ao longo dos próximos meses em razão da conjuntura econômica e de impactos da covid-19. (Fonte: IstoéDinheiro)

Depois da captação recorde de recursos em 2020, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros iniciou 2021 com forte retirada. Em janeiro, os investidores retiraram R$ 18,15 bilhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança, informou hoje (4) o Banco Central (BC). O resultado é o maior registrado para todos os meses desde o início da série histórica, em 1995. Em janeiro do ano passado, os brasileiros tinham sacado R$ 12,36 bilhões a mais do que tinham depositado. (Fonte: IstoéDinheiro)

O Brasil registrou a entrada líquida de US$ 2,8 bilhões em janeiro, somatória que configurou o melhor fluxo cambial para um primeiro mês desde 2018. A entrada total de dólares foi de US$ 3,622 bilhões, contabilizados investimentos em portfólio e empréstimos. A conta comercial, por sua vez, mostrou déficit de US$ 825 milhões no período. Além de ter registrado o melhor fluxo cambial para um mês de janeiro nos últimos três anos, o Brasil também foi o melhor desde maio (US$ 3,080 bilhões). A conta dos últimos 12 meses segue negativa, com o Brasil perdendo US$ 24,743 bilhões. O número vem melhorando, no entanto, já que, em agosto, o saldo negativo batia em US$ 53,5 bilhões, fruto de uma debandada de capital impulsionada pela pandemia. A saída líquida de 2020 fechou em quase US$ 28 bilhões pelo câmbio contratado, segundo pior resultado da história. Além disso, configurou o terceiro ano consecutivo de perda de recursos. A posição cambial líquida do BC caiu a US$ 287,956 bilhões em janeiro, de US$ 299,450 bilhões no mês anterior, configurando o menor patamar desde pelo menos janeiro de 2018. (Fonte: Eu Quero Investir)

Com investimento de R$ 1,2 bilhão, grupo comprador da antiga fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, vai transformar a área em um moderno centro logístico. Plano prevê criar mais de 4 mil empregos. (Fonte: Estadão)

A mudança da política de preços da Petrobrás, anunciada em fato relevante na sexta-feira – mas na verdade modificada no primeiro semestre de 2020 –, pegou o mercado de surpresa e levantou dúvidas sobre a transparência da decisão, que ao contrário de outras alterações feitas pela companhia desde 2019, não foi comunicada ao mercado. A Petrobrás só emitiu o fato relevante sobre o tema após a informação ter sido revelada pela agência Reuters, na tarde de sexta-feira. No documento, a estatal admitiu que alterou a política de preços de trimestral para anual “estritamente para fins de gestão e diagnóstico interno” em março de 2020, mas que isso nada interfere nas decisões sobre ajuste de preços, que continuam a seguir a paridade internacional. A empresa alega que “não divulga os detalhes de sua política de preços em razão de sensibilidade comercial”. (Fonte: Estadão)

Dois anos depois do rompimento da barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, a mineradora Vale fechou acordo na Justiça de Minas para indenização ao poder público pelos danos causados na tragédia, que matou 272 pessoas. A empresa se comprometeu a pagar R$ 37,68 bilhões. (Fonte: Estadão)

Cenário externo

A economia dos Estados Unidos criou 49 mil postos de trabalho em janeiro, segundo relatório de emprego (conhecido como Payroll) divulgado nesta sexta-feira (5). A taxa de desemprego, por sua vez, caiu de 6,7% para 6,3%. (Fonte: InfoMoney)

Enquanto muitas empresas no mundo viram seus lucros despencarem em meio a pandemia do novo coronavírus, quatro big techs tiveram recordes de faturamento: US$ 176,8 bilhões (aproximadamente R$ 946 bilhões). Amazon, Apple, Google e Microsoft hoje são as únicas empresas das Américas avaliadas em mais de US$ 1 trilhão cada. De acordo com um relatório da consultoria Economática, em valor de mercado, juntas, as americanas equivalem a US$ 7,14 trilhões, o que corresponde a um terço de todo PIB dos Estados Unidos. Esse desempenho positivo das marcas ainda representa um crescimento conjunto de 64% em relação a 2019, quando estavam cotadas a US$ 4,3 trilhões. (Fonte: CNN)

O Fundo Monetário Internacional fará todo o possível para chegar a um acordo com a Argentina até maio sobre um novo programa para substituir um pacto fracassado de 57 bilhões de dólares de 2018, disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice, em entrevista coletiva virtual nesta quinta-feira. O ministro da Economia argentino, Martin Guzmán, disse que o país quer fechar um acordo com o FMI até maio, quando a Argentina enfrentará o prazo para pagamento de mais de 2 bilhões de dólares ao Clube de Paris de credores. É necessário um acordo com o FMI para reestruturar essa dívida. (Fonte: MoneyTimes)

As vendas no varejo da zona do euro se recuperaram mais do que o esperado em dezembro uma vez que as compras de Natal de roupas e calçados impulsionaram as vendas em relação a novembro, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que as vendas varejistas nos 19 países que usam o euro saltaram 2,0% em dezembro sobre o mês anterior, superando a expectativa em pesquisa da Reuters de alta de 1,6%. Na comparação com dezembro de 2019, as vendas aumentaram 0,6% apesar dos lockdowns  devido à pandemia de Covid-19, duas vezes mais que o esperado por economistas. (Fonte: Money Times)

A expectativa era a de que o ano-novo trouxesse melhores perspectivas econômicas à Europa, à medida que a vacinação começasse. Em vez disso, a economia na zona do euro encolheu no final de 2020, segundo dados oficiais, o que aumenta o temor de uma segunda onda de recessão. Os dados também mostram que a pandemia seguirá com força durante alguns meses, em razão de falhas na distribuição dos imunizantes. A produção econômica nos 19 países na zona do euro caiu 0,7% no quarto trimestre do ano passado, segundo estimativa de uma agência oficial da União Europeia. Em todo o ano de 2020, a produção caiu 5,1%. Agora, é provável que a Europa sofra contração econômica contínua ao longo dos três primeiros meses de 2021 e talvez em parte do próximo trimestre, enquanto governos são forçados a manter restrições à atividade comercial, segundo estudo publicado pela consultoria Oxford Economics, de Londres. “Há risco de que a distribuição das vacinas continue decepcionante”, disse o economista Tomas Dvorak, que analisa a eurozona na Oxford Economics. “Há risco de que o segundo trimestre também seja bem ruim.” (Fonte: Estadão)

Dólar e aversão ao risco

(índice de volatilidade dos preços das opções do S&P 500)

VIX Index - Indice VIX de volatilidade - medida de aversão a risco - Meu Câmbio - 08-02-2021
Gráfico do Índice de volatilidade do S&P 500 (VIX).

O VIX trabalhou nessa semana na média de 24,27 contra 30,88 da semana anterior.

Perspectivas

A previsão do dólar para 2021

As expectativas dos 103 economistas consultados pelo Banco Central são:

  • Valor mínimo esperado: R$ 4,90
  • Valor médio esperado: R$ 5,30
  • Valor máximo esperado: R$ 5,60
Expectativa de cotação do dólar para 2021 segundo relatório focus do BCB em 05-02-2021
Expectativa do dólar comercial para Fev-21, Mar-21 e Abr-21 segundo Boletim Focus BCB.

Previsão para PIB

As expectativas dos 71 economistas consultados pelo Banco Central são:

Expectativa do PIB para 2021 segundo relatório focus do BCB em 05-02-2021
Expectativa do PIB comercial para Fev-21, Mar-21 e Abr-21 segundo Boletim Focus BCB.

Previsão para IPCA

As expectativas dos 123 economistas consultados pelo Banco Central são:

Expectativa do dólar comercial para Fev-21, Mar-21 e Abr-21 segundo Boletim Focus BCB.
Expectativa do IPCA comercial para Fev-21, Mar-21 e Abr-21 segundo Boletim Focus BCB.

LEIA TAMBÉM:

Tudo sobre a DUE – Documento único de exportação

Como funciona o câmbio de importação?

Dólar americano:

No fechamento de 08/02, o dólar comercial operava em queda de 0,21% cotado a 5,3726

O Dólar Turismo neste mesmo horário era oferecido pela Meu Câmbio a R$ 5,575 + IOF.

Dólar-hoje-turismo-meucambio-08-02-2021
Gráfico do dólar comercial dos últimos 30 dias.
Dólar / Real
PeríodoVariaçãoTaxa
08/fev/21-0,21%5,3726
Na semana-1,42%5,4498
No mês3,54%5,1887
No ano3,54%5,1887

Euro:

No fechamento de 08/02, o euro operava em queda de 0,09%, cotado a R$ 6,477.
O Euro Turismo neste mesmo horário era oferecido pela Meu Câmbio a R$ 6,729 + IOF.

Euro-hoje-turismo-meucambio-08-02-2021
Gráfico do euro comercial dos últimos 30 dias.
Euro / Real
PeríodoVariaçãoTaxa
08/fev/21-0,09%6,4770
Na semana-1,49%6,5750
No mês1,57%6,3770
No ano1,57%6,3770

Agenda da Semana

DataHorárioMoedaEventoPrevisão AtualÚltima Previsão
TueFeb 9 4:00amEURGerman Trade Balance14.2B16.4B
 6:00amEURItalian Industrial Production m/m2.1%-1.4%
 12:00pmUSDJOLTS Job Openings6.42M6.53M
 TentativeUSDMortgage Delinquencies 7.65%
 10:30pmCNYCPI y/y0.0%0.2%
  CNYPPI y/y0.3%-0.4%
WedFeb 104:00amEURGerman Final CPI m/m0.8%0.8%
 4:45amEURFrench Industrial Production m/m0.4%-0.9%
 10:30amUSDCPI m/m0.3%0.4%
  USDCore CPI m/m0.2%0.1%
 12:00pmUSDFinal Wholesale Inventories m/m0.1%0.1%
 4:00pmUSDFederal Budget Balance-152.4B-143.6B
ThuFeb 114:00amEURGerman WPI m/m0.4%0.6%
 7:00amEUREU Economic Forecasts  
 10:30amUSDUnemployment Claims750K779K
 TentativeUSDFed Monetary Policy Report  

Utilize gratuitamente nossa plataforma para controle dos contratos de câmbio de importação, exportação ou financeiros. Clique aqui e confira!


RELACIONADOS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 05/03

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 04/03

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS

Recentes


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 05/03

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 04/03

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS