Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Veja as principais notícias que afetam o mercado de câmbio e COMEX hoje, dia 5/11/10

05 de novembro , 2020 | em #FiqueDeOlho, Câmbio de importação, COMEX, Dólar, Euro | , , , ,

Comece sua manhã bem informado com nosso #CaféComCâmbio de hoje

MERCADO AGORA (09h20)

  • Cotação dólar comercial: R$ 5,605 -0,85%
  • Cotação euro comercial: R$ 6,629 -0,19%

AGENDA DO DIA

07h00 – Zona do euro/Eurostat: vendas no varejo caem 2% em setembro ante agosto (previsão era de uma queda de 1,5%)

09h00 – Reino Unido: BoE anuncia decisão de política monetária

10h00 – IHS Markit: PMI composto de outubro

10h30 – EUA/Deptº do Trabalho: pedidos de auxílio-desemprego são estimados em 741 mil

11h00 – Leilão tradicional do Tesouro de LTN, NTN-F e LFT

11h30 – BC faz leilão, em rolagem, de swap tradicional, com oferta de até 12 mil contratos (US$ 600 milhões)

14h00 – Campos Neto participa de eventos abertos durante a tarde

16h00 – EUA: Fed anuncia decisão de política monetária

Principais notícias:

EUA:

De acordo com dados da CNN atualizados pouco antes das nove horas da manhã no horário de Brasília, Joe Biden já teria 243 votos conquistados contra 214 de Donald Trump. Neste momento os estados ainda em processo de apuração são: Nevada, Arizona, Georgia, Carolina do Norte e Pensilvânia. Com isto temos ainda em disputa 68 votos.

O democrata também é favorito no Arizona, onde 11 delegados têm direito a voto. O favoritismo no estado é tamanho que a Associated Press e Fox News declararam vitória de Biden no colégio eleitoral. O jornal “The New York Times” e a CNN, no entanto, afirmam que a virada de Trump no Arizona ainda é possível.

A campanha de Trump anunciou ontem que pedirá recontagem de votos nos estados de Wisconsin e Michigan e que entrará com ação judicial contra o processo eleitoral no estado da Pensilvânia, com o objetivo de suspender a contagem de votos

Brasil:

Ontem tivemos a rejeição do veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação, até 2021, da desoneração da folha de pagamentos de empresas de 17 setores da economia por parte da Câmara dos Deputados e do Senado, onde a votação foi de 64 votos a 2, a favor da derrubada do veto. Com isto é aguardada a promulgação da prorrogação.

O impacto fiscal desta medida é estimado em 10 bilhões de reais, o que torna o cumprimento do teto de gastos ainda mais desafiador para o ano de 2021. O impacto final na arrecadação tende a ser menor e é estimado pelo banco BTG Pactual em 7 bilhões e pelo Ministério da Economia em R$ 4,9 bilhões em 2021 e R$ 4,9 bilhões em 2022

#dólar #euro #economia #mercadofinanceiro #importação  #importador #exportador #exportação


RELACIONADOS


Enfrentar ou não o aeroporto nas vésperas do Natal e do Ano-Novo

  Com tantas resoluções de final de ano, a única certeza é que os aeroportos, em todo o mundo, estarão lotados de viajantes e turistas. Para muitas pessoas o recesso, com Natal e Ano-Novo, […] LEIA MAIS


Cuidados com as compras internacionais no cartão

Uma das melhores partes de viajar é voltar com a mala cheia de presentes e novas aquisições, mas é preciso ter alguns cuidados ao realizar as compras internacionais com o cartão para não ter sur […] LEIA MAIS

Recentes


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 22/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 21/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS