Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Comece sua manhã bem informado com nosso #CaféComCâmbio de hoje 19/11

20 de novembro , 2020 | em #MeuCâmbio |

MERCADO AGORA (11h00)

Cotação dólar comercial: R$ 5,3137 -0,01%

Cotação euro comercial: R$ 6,303 -0,11%

AGENDA DO DIA

10h00 – Tesouro divulga relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas primárias
11h30 – BC leiloa 12 mil contratos de swap (US$ 600 mi) (11h30)
12h00 – Zona do euro: confiança do consumidor em novembro (12h)
12h00 – EUA/Comissão Europeia: evento com a presidente Ursula von der Leyen (12h)
15h00 – EUA/Baker Hughes: atividade de petróleo (15h)
17h00 – EUA/Fed: Fala do presidente Jerome Powell

Expectativa para o Dólar hoje:

Com a agenda interna mais fraca nesta sexta-feira, em função do feriado da consciência negra, o mercado de câmbio tende a ficar mais sensível aos ajustes do dólar no exterior e ao fluxo cambial, que tem sido positivo. Os investidores devem repercutir também as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, ontem à noite, de que fará “o que for necessário” para reduzir a dívida, incluindo a possibilidade de “até vender um pouco de reservas”.

Nessa semana, o Banco Central conseguiu acalmar um pouco os agentes de câmbio ao assegurar oferta de liquidez via leilões de linha com recompra no mercado à vista e de swap cambial tradicional, que corresponde à venda de moeda no mercado futuro, embora persistam preocupações com as contas públicas e o problema fiscal do governo, que podem continuar trazendo pressão de alta aos negócios. Também um fluxo positivo de investidores estrangeiros rumo à bolsa e o mercado de renda fixa ajuda a recolocar o dólar na casa dos R$ 5,30, ora acima ora abaixo desse suporte técnico.

Em evento promovido pelo Bradesco no fim do dia ontem, Guedes afirmou ainda que o governo pode acabar retomando apenas o Bolsa Família em 2021, por falta de solução para bancar um novo programa de renda, e disse também que deve voltar a falar sobre a ideia de criação de um imposto sobre transações eletrônicas após o segundo turno da eleição municipal, no dia 29, porque parou de comentar sobre o assunto por preocupação de que fosse ser explorado politicamente nas eleições. Também fica no radar a negociação entre governo e lideranças do Congresso sobre uma regra de transição junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para abrir caminho à destinação de recursos na reta final do ano a obras que serão executadas só ao longo de 2021, conforme apurou o Broadcast.

No exterior, há pouco, o dólar mostrava leve alta frente seus pares principais, mas caía predominantemente ante divisas emergentes e ligadas a commodities, após os senadores americanos retomarem ontem o debate sobre um novo pacote fiscal no Congresso e a China anunciar hoje a manutenção de juros no país. Um avanço do varejo britânico em outubro apoia a libra, ao gerar otimismo quanto à atividade no continente europeu.

Contudo, a decisão do Tesouro americano de não renovar os programas de apoio ao crédito do Federal Reserve, que terminam em 31 de dezembro, ajudam a enfraquecer os índices futuros Dow Jones e S&P500 em Nova York neste momento de aumento de casos e de mortes por coronavírus em solo americano e europeu. Também aumenta a expectativa pelo que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, falará no fim da tarde (17H), na cerimônia do desafio universitário nacional do Fed. Na terça-feira, Powell indicou que não achava apropriado permitir que os programas expirassem. Fonte: Broadcast

COVID-19:

Os Estados Unidos atingiram novo recorde diário de casos de covid-19 confirmados e, pelo 10º dia consecutivo, de novas internações.

Ontem foram registrados 187.833 novos casos de covid-19 no país, 10 mil a mais que o último recorde, atingida na sexta-feira passada (13), quando foram registrados pouco mais de 177 mil novos casos, segundo dados da Universidade John Hopkins. De acordo com o projeto Covid Tracking, 80.698 pessoas foram hospitalizadas com a doença nesta quinta-feira.

Segundo análise do Wall Street Journal, com números da Universidade John Hopkins, os dados apontam aceleração dos casos, uma vez que a média móvel semanal de novas contaminações diárias é superior à média móvel quinzenal.

Ontem, os Estados Unidos registraram 2.015 mortes pela doença. Ao todo, a doença vitimou 252.555 pessoas no país. Fonte: Dow Jones Newswires


RELACIONADOS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 22/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 21/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS

Recentes


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 22/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS


Comece seu dia bem informado com nosso Café Com Câmbio de hoje 21/01

As principais notícias que afetam o dólar comercia […] LEIA MAIS