Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Como viajar com seu cachorro ou gato de avião?

23 de maio , 2019 | em Dicas de viagem |

Todo mundo gosta de viajar, mas só quem tem animal de estimação sabe como é ruim deixar seu cachorro, gato ou outro bichinho em hotéis pets, com parentes ou amigos. Já pensou em leva-lo junto com você? Nós da Meu Câmbio temos algumas dicas. Confira!

Antes de pensar em ter seu animal de estimação como companheiro de viagem, é preciso saber sobre a sua saúde. Leve-o ao veterinário e fale sobre o passeio que deseja fazer. Ele vai saber se é preciso realizar exames ou fazer algum tratamento prévio com o seu pet.

Muitos animais, assim como nós, também sentem enjoos. Veja com o veterinário qual é a melhor medida a ser tomada para que seu bichinho não passe mal durante o voo.

Outra dica é ficar sempre atento às regras da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e da companhia aérea, com a qual você vai viajar, para o transporte de animais. Elas mudam de companhia para companhia.

Algumas regras básicas adotadas por todas as cias aéreas são:

  • Carteira de vacinação atualizada, com todas as doses em dia;
  • Apresentar atestado veterinário comprovando a saúde do pet;
  • Avisar a companhia aérea com antecedência sobre a viagem com o animal;
  • Colocar o animal em uma caixa de transporte resistente, com ventilação e que irá acomodá-lo confortavelmente.

Se seu animal for pequeno, há uma chance de ele viajar com você na cabine. No entanto, ele precisa pesar menos de 10 kg, somado o peso dele e da caixa de transporte (essa é uma das regras que variam de uma companhia para outra). Caso você opte ou precise que o pet viaje no porão do avião, não se esqueça de identifica-lo com uma plaquinha (com o nome dele e seu telefone) na coleira e na caixa de transporte.

Uma dica importante: informe sempre a companhia aérea sobre qual é a raça de seu pet, porque algumas empresas não transportam determinadas raças. Então, não importa se seu bichinho esteja com vacinação em dia ou atestado de saúde em ordem, ele poderá ser barrado caso sua raça esteja entre as proibidas da companhia que você irá viajar.

Para voos internacionais, é de extrema importância que você, além de avisar a cia, se informe sobre as regras do país de destino. Assim como as companhias, alguns países têm suas regras especificas (como, por exemplo, o animal ficar em quarentena antes de entrar no país), o que pode impedir seu desembarque com o bichinho.

Em viagens internacionais, algumas regras são um pouco diferentes ou mais rígidas do que as nossas. Por isso, vale buscar orientações sobre as especificações e exigências referentes à caixa de transportes do animal, antes de compra-la.

Agora que você conhece algumas dicas e sabe o que fazer para curtir uma viagem com seu bichinho de estimação, é hora de planejar a compra da moeda! Aqui na Meu Câmbio, você encontra as melhores taxas. Cote com a gente!


RELACIONADOS


Conheça 6 aplicativos de viagens gratuitos

Planejar uma viagem pode não ser uma tarefa fácil, ainda mais se for preciso contratar o serviço de um guia turístico ou de um agente de viagens. Além de ser um gasto extra, se não tiver sorte, […] LEIA MAIS


Tudo o que você precisa saber sobre a Tailândia

A Tailândia está entrando no ranking dos destinos mais procurados quando o assunto é viagem e não é para menos: praias paradisíacas, festas alucinantes, ótima gastronomia, preços bons. Na Tail […] LEIA MAIS

Recentes


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação […] LEIA MAIS


Dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Para quem nunca viajou sozinho, é normal que surjam dúvidas na hora de planejar uma viagem. Elaborar um roteiro, reservar hospedagem e passagens com antecedência são etapas essenciais para via […] LEIA MAIS