Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Na viagem, o que é melhor? Dinheiro, cartão de crédito ou pré-pago?

30 de agosto , 2018 | em #MeuCâmbio |

Ao planejar uma viagem, é comum ficar em dúvida de qual a melhor maneira de você levar dinheiro para não se preocupar e sempre economizar onde for possível.

Não existe uma receita única que sirva para todos os viajantes, antes de escolher é preciso definir suas prioridades de economia e comodidade. Atente-se para os seguintes fatores:

  • Qual a moeda do país de destino?
  • A moeda do país é forte e estável?
  • Qual o valor que pretende levar?
  • Onde ficará hospedado? (albergue, hotel, casa)

Geralmente as pessoas pensam inicialmente em dinheiro em espécie e cartão de crédito e se esquecem da opção do cartão pré-pago. Neste post vamos mostrar os prós e contras de cada meio de pagamento.

Dinheiro em espécie

É o meio de pagamento mais barato, porque o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para a compra de moeda estrangeira é de apenas 0,38%. O dinheiro vivo também é facilmente aceito em qualquer lugar e é o melhor meio de pagamento para quem tem dificuldade de controlar os gastos sem ver as notas saindo da carteira.

A desvantagem é a insegurança, pois se o dinheiro for perdido ou roubado não tem como recuperá-lo. A dica é carregar apenas a quantia que será gasta no dia com você e deixar o restante no cofre do hotel, guardado em mala com cadeado ou dividido em vários lugares seguros, como compartimentos secretos.

Cartão de crédito

Com certeza é uma opção muito prática, porém é muito mais caro. O IOF para a compra de moeda estrangeira no plástico é de 6,38%. Outra desvantagem é que a cotação da moeda é a do dia do vencimento da fatura e não a do dia da compra, então é impossível saber o custo final da fatura. Alguns cartões permitem travar a cotação da moeda com o valor do dia da compra e não com a data do fechamento da fatura, confira se o seu cartão oferece esta possibilidade.

A vantagem do cartão de crédito é a segurança, pois pode ser cancelado em caso de perda, furto ou roubo.

Cartão pré-pago

É tão caro quanto o cartão de crédito, o IOF também é de 6,38%. A diferença é que você paga o valor da cotação do dia em que recarrega o cartão. Por estar vinculado a uma espécie de conta, ele se torna muito mais seguro, permitindo o bloqueio do saldo em caso de perda ou roubo. Você também pode fazer a recarga online da moeda, facilitando a compra e fugindo de casas de câmbio no exterior, que costumam praticar preços maiores. É uma opção ideal para quem preza por segurança e praticidade ou para viagens mais longas e para quem vai comprar uma grande quantidade de uma vez só, acaba valendo a pena.

O cartão pré-pago também possibilita o saque em dinheiro, com uma taxa de aproximadamente 2,50 do valor da moeda estrangeira.

Já sabe quais das opções é melhor para você? Para comprar moedas internacionais, seja em dinheiro ou cartão pré-pago, a Meu Câmbio traz as melhores cotações em mais de 20 cidades, entregando onde você precisar! Conheça nossaplataforma e faça uma viagem ainda melhor.


RELACIONADOS


Panorama de Mercado

Acompanhe semanalmente a evolução do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que precisa para escolher a melhor h […] LEIA MAIS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que p […] LEIA MAIS

Recentes


As melhores comidas do mundo e suas histórias

Uma das principais coisas para se fazer em uma viagem é conhecer a gastronomia local. Degustar dos mais diversos pratos e experimentar algo que o seu paladar não está acostumado, é uma das ativida […] LEIA MAIS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda informação que pre […] LEIA MAIS