Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

#CaféComCâmbio – 06/04/22

06 de abril , 2022 | em #MeuCâmbio |

Saiba como caminhar pelas turbulências do mercado financeiro com a ajuda da Meu Câmbio
As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 06/04/2022

MERCADO AGORA (11h21)

  • Dólar comercial: R$ 4,6977 +0,83%
  • Euro comercial: R$ 5,1254 +1,02%
  • Libra comercial: R$ 6,1429 +0,98%

AGENDA DO DIA

  • Casa Branca vai anunciar novas sanções contra a Rússia
  • Zona do euro/Eurostat: PPI de fevereiro (6h)
  • FGV: IGP-DI de março deve acelerar a 2,10% (8h)
  • EUA/DoE: Estoques de petróleo da semana até 04/01 (11h30)
  • EUA/S&P Global: PMI composto e PMI serviços finais de março (12h)
  • EUA: Fed divulga ata da última reunião de política monetária (15h)

Principais notícias que podem influenciar o dólar no dia de hoje 06/04/2022:

** As 8:00am de Brasília: Mercados futuros em queda.

Brainard, do Fed, diz que reduzir a alta inflação “é de suma importância ”. A diretora do Federal Reserve, Lael Brainard, afirmou que o banco central está fortemente comprometido em tomar medidas que reduzirão a inflação neste ano, inclusive aprovando reduções significativas em seu balanço patrimonial de US$ 9 trilhões já na reunião do próximo mês. (WSJ)

DÓLAR RUMO AOS R$ 4,20⁉️ A moeda americana caiu novamente ontem, com a entrada de capital estrangeiro no país, que busca aproveitar o diferencial de juros brasileiro e externo. O dólar à vista recuou 1,27%, a R$ 4,608, após oscilar entre R$ 4,605 e R$ 4,675. (XP)

NOVAS SANÇÕES: A UE e os EUA estão se preparando para impor novas sanções à Rússia depois que surgiram evidências de crimes de guerra cometidos por forças russas na cidade ucraniana de Bucha, onde centenas de corpos de civis foram encontrados nas ruas e em valas comuns. (XP)

Faça seus pagamentos internacionais com o leilão da Meu Câmbio.

Greve do BC pode afetar atividades do Copom, dizem servidores. Sem acordo com o governo, os servidores do Banco Central falam em intensificar a greve e afetar atividades ligadas ao Copom (Comitê de Política Monetária) e ao Comef (Comitê de Estabilidade Financeira). A intensificação da greve dos funcionários da instituição pode afetar a preparação de indicadores e projeções que servem de apoio técnico à tomada de decisões do colegiado do BC. (Folha)

Governo já avalia adiar votação de novo Conselho da Petrobras. O governo federal pode retirar da pauta da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Petrobras, marcada para 13 de abril, a votação para eleger os novos integrantes do Conselho de Administração. Sem substitutos definidos para Rodolfo Landim e Adriano Pires, União busca ganhar tempo. (O Globo)

PETRÓLEO: Os futuros do petróleo estavam operando com sinais mistos. A preocupação é com novos bloqueios na Rússia. Por outro lado, há uma demanda mais fraca, após um aumento nos estoques de petróleo dos EUA e o lockdown prolongado de Xangai. Os contratos futuros de petróleo Brent subiam 11 centavos, ou 0,1%, a US$ 106,75 por barril, às 0339 GMT. (XP)

Utilize gratuitamente nossa plataforma para controle dos contratos de câmbio de importação, exportação ou financeiros. Clique aqui e confira!


RELACIONADOS


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS

Recentes


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS