Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

#CaféComCâmbio – 18/01/22

18 de janeiro , 2022 | em #MeuCâmbio |

Saiba como caminhar pelas turbulências do mercado financeiro com a ajuda da Meu Câmbio
As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta terça-feira 18/01/2022

MERCADO AGORA (10h18)

  • Dólar comercial: R$ 5,5260 +0,05%
  • Euro comercial: R$ 6,2820 -0,32%
  • Libra comercial: R$ 7,5067 -0,31%

AGENDA DO DIA

  • Mobilização de servidores em frente à sede do BC (10h)
  • EUA: Balanços de Bank of America e Goldman Sachs, antes da abertura do mercado
  • IPC-S Capitais da 2ª quadrissemana de janeiro (8h)
  • EUA/Fed de NY: índice de atividade industrial Empire State de janeiro (10h30)
  • EUA/NAHB: Índice de Confiança das Construtoras em janeiro (12h)

Principais notícias que podem influenciar o dólar no dia de hoje 18/01/2022:

** As 8:00am de Brasília: Mercados futuros com em baixa nos EUA e na Europa.

Para especialistas, casos de Covid-19 recuarão no Brasil em fevereiro. Cenário traçado por especialistas, com base na observação da contaminação da Ômicron em outros países, aponta que o surto de novos casos de Covid-19 no país deve começar a perder força entre o fim deste mês e as primeiras semanas de fevereiro. (Valor)

Em 7 anos, conta de luz sobe mais do que dobro da inflação — Desde 2015, tarifa teve reajuste de 114%; alta deve continuar. (Estadão)

Queda nos títulos do tesouro americano é retomada com aumento nas apostas de elevação dos juros pelo Fed. Os títulos do tesouro apresentam queda nesta terça-feira, levando a taxa dos títulos de dois anos para acima de 1% pela primeira vez desde 2020, com as crescentes apostas de um aumento na taxa de juros pelo Federal Reserve em março. (Bloomberg)

Faça seus pagamentos internacionais com o leilão da Meu Câmbio.

Petróleo salta para o maior valor desde 2014 com o crescimento do mercado físico. O Brent subiu para o nível mais alto em sete anos, com os mercados físicos aquecidos na maior região consumidora do mundo e o Goldman Sachs projetando que os preços chegarão a US$ 100 por barril. (Bloomberg)

Governo não vai prorrogar tarifa mais cara de luz, devido às chuvas. O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que não haverá prorrogação da bandeira tarifária de escassez hídrica, prevista para acabar em abril, e que não descarta a antecipação do fim dessa tarifa mais cara. (CNN Brasil)

Sindicatos de servidores vão pedir reajuste de até 28% a Bolsonaro em dia de atos. Entidades de servidores irão realizar protesto hoje, para pressionar o governo por reajustes. A depender da resposta do Executivo, novas manifestações podem acontecer e próximos passos podem incluir uma greve. O porcentual de 28% é buscado por representantes da elite do funcionalismo, e não é consenso entre as demais categorias. (Folha)

Utilize gratuitamente nossa plataforma para controle dos contratos de câmbio de importação, exportação ou financeiros. Clique aqui e confira!


RELACIONADOS


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS

Recentes


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS