Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

#CaféComCâmbio – 20/01/22

20 de janeiro , 2022 | em #MeuCâmbio |

Saiba como caminhar pelas turbulências do mercado financeiro com a ajuda da Meu Câmbio
As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quinta-feira 20/01/2022

MERCADO AGORA (09h58)

  • Dólar comercial: R$ 5,4490 -0,29%
  • Euro comercial: R$ 6,1790 -0,39%
  • Libra comercial: R$ 7,4188 +0,21%

AGENDA DO DIA

EUA: Balanços de Netflix e American Airlines (horário não divulgado)
Turquia: Decisão de política monetária do BC (8h)
Alemanha: BCE divulga ata da última de decisão de política monetária (9h30)
EUA/Deptº do Trabalho: Pedidos de auxílio-desemprego da semana até 15/01 (10h30)
EUA/NAR: vendas de moradias usadas em dezembro (12h)
EUA/DoE: Estoques de petróleo da semana até 14/01 (13h)
Roberto Campos Neto profere palestra na 26ª Conferência Anual Latino-Americana do Santander, por videoconferência (15h)
Japão: BoJ divulga ata relativa à reunião de política monetária (20h50)

Principais notícias que podem influenciar o dólar no dia de hoje 20/01/2022:

** As 8:00am de Brasília: Mercados futuros com em alta nos EUA e na Europa.

Estados cogitam decidir cada um por si sobre descongelamento de ICMS sobre combustíveis. Após votação na semana passada em que a maioria dos secretários da Fazenda decidiu pelo descongelamento, alguns deles mudaram de posição e hoje o placar parcial é de 13 a 13. A distância de um consenso, então, deve fazer com que os Estados sejam liberados a decidir individualmente. (Valor)

Inflação de 2021 supera 47,7% dos acordos salariais do setor privado. Quase a metade das negociações salariais do setor privado perdeu para a inflação em 2021. Esse foi pior resultado em quatro anos, desde que o Dieese começou a fazer esse levantamento. (Estadão)

Investidores de Wall Street estão fazendo novas apostas em um mundo pós-Covid. Acumulam-se evidências de que os investidores estão apostando que o impacto do coronavírus na economia global está diminuindo definitivamente – ainda que a expansão da variante Ômicron traga preocupações sobre problemas nas cadeias de fornecimento e sobre a eficácia das vacinas existentes. (Bloomberg)

Faça seus pagamentos internacionais com o leilão da Meu Câmbio.

China corta taxas de referência para impulsionar economia em declínio. O banco central da China reduziu suas taxas de empréstimo de referência, intervindo para apoiar uma economia em desaceleração, durante um ano politicamente importante para o líder Xi Jinping. (WSJ)

Bolsonaro diz que reajuste a policiais em 2022 está suspenso. O presidente afirmou ontem que o reajuste prometido pelo governo às polícias federais em 2022 está suspenso, e que os servidores, atualmente com os salários congelados, podem ser comtemplados com um reajuste no Orçamento de 2023. (CNN Brasil)

Inflação de 2021 supera 47,7% dos acordos salariais do setor privado. Quase a metade das negociações salariais do setor privado perdeu para a inflação em 2021. Esse foi pior resultado em quatro anos, desde que o Dieese começou a fazer esse levantamento. (Folha)

Utilize gratuitamente nossa plataforma para controle dos contratos de câmbio de importação, exportação ou financeiros. Clique aqui e confira!


RELACIONADOS


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS

Recentes


#CaféComCâmbio – 01/07/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta sexta-feira 01/07/2022 MERCADO AGORA (09h36) Dólar comercial: R$ 5,2959 +1,17% Euro comercial: R$ 5,5190 +0,63% Libr […] LEIA MAIS


#CaféComCâmbio – 30/06/22

As principais notícias que afetam o dólar comercial nesta quarta-feira 30/06/2022 MERCADO AGORA (10h05) Dólar comercial: R$ 5,2525 +1,15% Euro comercial: R$ 5,4660 +0,79% Lib […] LEIA MAIS