Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Panorama de Mercado

23 de abril , 2019 | em #MeuCâmbio |

Análise Meu Câmbio

Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que precisa para escolher a melhor hora de realizar suas operações cambiais.

Cenário interno

Política

  • A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados avalizou a proposta que aumenta os gastos obrigatórios do governo, a chamada PEC do Orçamento. O texto antecedeu a discussão da reforma da Previdência. A proposta já havia sido aprovada pela Câmara, mas como o Senado modificou o texto, a PEC voltou para nova análise dos deputados.
  • Projeto eleva isenção do IR para 5 salários-mínimos. Proposta do líder do MDB no Senado é mais uma mudança no sistema tributário brasileiro que pode ser votada no Congresso.

Economia

  • Governo pretende alterar política de preços da Petrobrás. Uma das propostas apresentadas é reduzir a autonomia da gerência de comercialização da companhia para conceder reajustes do diesel.
  • O BNDES suspendeu desde 11 de abril os empréstimos para o agronegócio sob a modalidade Moderfrota (máquinas e equipamentos) e Inovagro (inovação em agronegócio) em razão do comprometimento total dos recursos disponíveis para as citadas Linhas de apoio para o Ano Agrícola 2018/2019, segundo circular do banco.
  • Segundo o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), o governo trabalha com um reajuste de 4,20% (INPC) para elevar o salário-mínimo a R$ 1.400 em 2020, sem ganho real.
  • O governo propôs ao congresso uma piora no déficit estimado para 2020, saindo dos R$ 110 bilhões para R$ 124 bi, dada queda da arrecadação.
  • Projeções de algumas instituições de mercado apontam para um PIB negativo no primeiro trimestre de 2019.
  • Petrobrás reajusta preço do diesel em 4,8%, uma semana após ter sido barrado o aumento de 5,70% pelo governo.
  • A Rede, controlada pelo Itaú Unibanco, anunciou a isenção de taxa no serviço de antecipação de recebíveis. Tal anúncio gerou queda de R$ 13 bi em valor de mercado das empresas do setor, no dia 17/04. CADE vai investigar possível conduta anticoncorrencial.
  • A deterioração das contas dos Estados e municípios levou à piora do déficit estrutural do setor público brasileiro em 2018. O déficit estrutural subiu de 0,5%, em 2017, para 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), no ano passado.
  • Só 8% dos brasileiros conseguiram poupar para investir no ano passado, segundo levantamento feito pela Anbima.

No cenário externo:

  • O volume de recursos que cubanos/americanos poderão enviar para seus parentes em Cuba e as viagens de cidadãos dos EUA à ilha voltarão a ter limites, anunciou o governo de Donald Trump.
  • Ex-presidente do Peru, Alan García, se matou no último dia 17, antes de ser preso por envolvimento em pagamentos de propina da Odebrecht.
  • Em uma tentativa de chegar com maior popularidade às eleições de outubro, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciou um pacote econômico que inclui medidas que eram adotadas por sua antecessora, Cristina Kirchner, e criticadas por sua própria equipe. Macri fechou acordo com empresas para que os preços de 60 produtos da cesta básica não aumentem até 22 de outubro, cinco dias antes do pleito.
  • Após o relatório sobre agentes russos na campanha dos EUA, a abertura de impeachment do presidente Donald Trump ganha força. Democratas querem os documentos sigilosos sobre atos de Trump para barrar investigação.
  • Contagem de 52% das urnas coloca Volodmir Zelenski, um comediante que nunca ocupou cargo público, no comando da Ucrânia, um país que está no centro da luta geopolítica do Ocidente com Moscou.

Dólar e aversão ao risco

(Índice de volatilidade dos preços das opções do S&P 500)

Na semana que passou, o VIX apresentou queda com a melhora do cenário internacional. Na média, o índice negociou a 12,42 contra 13,47 da semana anterior.

Dólar index

(Relação do dólar com uma cesta de moedas)

O dólar sofreu ligeira baixa contra cesta de moeda tendo trabalhado na última semana na média de 97,017.

Perspectivas

A previsão do dólar para 2019

As expectativas dos economistas consultados pelo Banco central para 30/04/2019 são:

  • Valor mínimo esperado para o dólar em abril: R$ 3,50
  • Valor médio esperado para o dólar em abril: R$ 3,80
  • Valor máximo esperado para o dólar em abril: R$ 4,00

 

Dólar americano hoje:

Às 12 horas, o dólar comercial apresentava alta de 0,71% cotado a R$ 3,9608.

O dólar turismo neste mesmo horário é oferecido pela Meu Câmbio a R$ 4,074 + IOF.

Euro hoje:

Às 12 horas o euro comercial apresentava alta de 0,18%, cotado a R$ 4,354.

O euro turismo neste mesmo horário é oferecido pela Meu Câmbio a R$ 4,57 + IOF.

 

 


RELACIONADOS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação […] LEIA MAIS


Dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Para quem nunca viajou sozinho, é normal que surjam dúvidas na hora de planejar uma viagem. Elaborar um roteiro, reservar hospedagem e passagens com antecedência são etapas essenciais para via […] LEIA MAIS

Recentes


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação […] LEIA MAIS


Dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Para quem nunca viajou sozinho, é normal que surjam dúvidas na hora de planejar uma viagem. Elaborar um roteiro, reservar hospedagem e passagens com antecedência são etapas essenciais para via […] LEIA MAIS