Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Panorama de Mercado

19 de junho , 2019 | em #MeuCâmbio |

Análise Meu Câmbio

Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo o que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que precisa para escolher a melhor hora de realizar suas operações cambiais.

Cenário interno

 

Política

  • O governo pretende usar cerca de R$ 20 bilhões que estão nas contas do PIS/Pasep em bancos públicos e com baixa probabilidade de serem sacados pelos trabalhadores para ajudar aliviar o orçamento. A ideia é centralizar esse dinheiro no caixa do Tesouro Nacional. A operação deve ser feita por meio de medida provisória e pode evitar a necessidade de um novo bloqueio de despesas ou até permitir a liberação de parte dos recursos contingenciados. Os recursos entrariam como receita primária, ajudando o governo a fechar as contas. (Fonte: Estadão)
  • Numa tentativa de contornar o desgaste causado pela divulgação de supostas mensagens trocadas com o procurador Deltan Dallagnol, o ministro Sérgio Moro (Justiça) almoçou com senadores e marcou ida a comissões da Câmara e do Senado para explicar o episódio. O objetivo é evitar a abertura de uma CPI. A primeira audiência ocorrerá quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. (Fonte: Estadão)
  • Com apoio unânime de 450 deputados e 61 senadores, o Congresso aprovou autorização especial para que o governo capte R$ 248,9 bilhões em empréstimos para cumprir compromissos como o pagamento de benefícios sociais, caso do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Como a prática é vetada pela Constituição e seu descumprimento é crime de responsabilidade, o governo precisou do aval do Legislativo.  (Fonte: Estadão)

 

Economia

 

  • O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que soma todos os bens e serviços produzidos no país, recuou 0,1% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o último trimestre do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, no entanto, houve alta de 0,5%. Considerando-se apenas o mês de março, houve quedas em relação a fevereiro deste ano (-0,4%) e a março de 2018 (-1,7%). No acumulado de 12 meses, houve alta de 0,9%. (Fonte: Jornal de Brasília)
  • O nível de atividade da economia brasileira registrou queda em abril, segundo informações divulgadas pelo Banco Central (BC) na sexta-feira (14). O chamado Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), considerado uma “prévia” do resultado do PIB, apresentou um recuo de 0,47% em abril, na comparação com março de 2019. O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para comparar períodos diferentes). Os números do Banco Central mostram que esse foi o quarto mês seguido de retraçãodo nível de atividade. (Fonte: G1)

 

Empresas

 

  • A venda de ativos de empresas e bancos públicos via Bolsa começa a trazer para o mercado a movimentação de uma quantia significativa de recursos. Após a Petrobrás anunciar na sexta-feira que a venda de sua participação na BR Distribuidora colocará R$ 8 bilhões em seus cofres, a petrolífera divulgou ontem que a Caixa quer vender suas ações da empresa, por R$ 7,2 bilhões. Anteriormente, a Caixa já havia vendido seus papéis da IRB Brasil Re, por R$ 2,5 bilhões. Todas operações foram ou serão feitas pela Bolsa. (Fonte: Estadão)
  • Os grandes bancos brasileiros estão negociando em conjunto uma recuperação extrajudicial – ou seja, fora do ambiente da Justiça – do Grupo Odebrecht, afirmou ontem Octavio de Lazari, presidente do Bradesco. “Trabalhamos com todos os cenários (sobre a Odebrecht)”, disse Lazari, depois de proferir palestra no CIAB Febraban 2019, tradicional feira de tecnologia bancária. “Procuramos, porém, (priorizar) uma recuperação extrajudicial para que todos os atores possam sentar-se à mesa e chegar a um ajuste, com concessão de mais prazo e condição de pagamento diferenciada.” (Fonte: Estadão)
  • A Petrobrás fez em Sergipe sua maior descoberta desde o pré-sal, em 2006. De seis campos, espera extrair 20 milhões de m³ por dia de gás natural, o equivalente a um terço da produção total brasileira. Divulgada no mês passado, a descoberta deve gerar R$ 7 bilhões de receita anual à estatal e sócias, calcula a consultoria Gas Energy. Na avaliação do governo, a conquista pode ajudar a tirar do papel o esperado “choque de energia barata” prometido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes – plano para baratear em até 50% o custo do gás natural e “reindustrializar” o País. (Fonte: Estadão)

 

Previdência

 

  • Depois de muita negociação, o relator da proposta de reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira, retirou estados e municípios do texto que apresentou na quinta-feira (13). Dia de muitas conversas dentro e fora do Congresso envolvendo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do DEM, o relator da reforma, Samuel Moreira, do PSDB, o presidente da comissão, Marcelo Ramos, do PL, e os líderes de todos os partidos. Depois de tantas conversas, Samuel Moreira decidiu retirar do relatório as mudanças no BPC, benefício de prestação continuada, pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda, e na aposentadoria rural. (Fonte: G1)
  • A reforma da Previdência proposta pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP) prevê economia para a União de R$ 913,4 bilhões em 10 anos. A meta do governo era de R$ 1,2 trilhão. Para compensar a perda, o relator sugere aumento da alíquota da Contribuição sobre Lucro Líquido dos bancos de 15% para 20%, o que renderia R$ 5 bilhões por ano. Outra fonte de recursos seria a transferência dos repasses do FAT do BNDES para a Previdência. O novo texto prevê regra de transição mais suave para servidores e mantém a proposta de idade mínima de 65 anos (homens). (Fonte: Estadão)

 

No cenário externo:

 

  • O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, reiterou na terça-feira (11) que a União Europeia (UE) não irá renegociar o acordo do Brexit, concluído com Londres, em novembro passado, com o próximo primeiro-ministro britânico. “Não haverá renegociação sobre o conteúdo do acordo de saída”, assegurou o chefe do Executivo da UE em um evento organizado pelo meio de comunicação Politico Europe. Depois de fracassar três vezes em sua tentativa de fazer o Parlamento britânico aprovar o acordo alcançado em novembro com Bruxelas, a primeira-ministra Theresa May anunciou sua renúncia. Agora, dez membros de seu Partido Conservador disputam sua sucessão. (Fonte: Isto é)
  • A taxa mensal da inflação ao consumidor na Argentina desacelerou pelo segundo mês consecutivo em maio, mas renovou a máxima do ano em 12 meses. O Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) informou ontem que o índice de preços ao consumidor subiu 3,1% em maio em relação a abril. Na variação em 12 meses, a inflação chegou a 57,3%. (Fonte: Valor)
  • Segundo um relatório divulgado hoje pelo Banco Central Europeu (BCE), apesar de uma lenta diversificação do recurso a outras divisas nos últimos anos, nomeadamente — e mais recentemente — do ‘yuan’ chinês, o dólar continua, de longe, a ser a divisa internacional mais utilizada nas trocas comerciais, empréstimos e reservas. No relatório relativo à 18.ª revisão anual do papel internacional do euro, que avalia a evolução da utilização desta divisa por não residentes na zona do euro, o BCE refere que a quota da moeda única europeia nas reservas detidas pelos bancos centrais e pelos governos de todo o mundo aumentou 1,2 pontos percentuais durante o ano 2018, para 20,7%, invertendo a tendência descendente que vinha registando. Já a quota do dólar recuou ligeiramente para 61,7%, ficando sete pontos percentuais abaixo do nível mais alto atingido antes da crise financeira global de 2007-2009. (Fonte: Notícias ao Minuto)
  • Dois petroleiros foram atacados no dia 13 de junho no Golfo de Omã, um mês após quatro incidentes similares ocorrerem na região. Os EUA e a Arábia Saudita acusaram o Irã pelas explosões que forçaram a retirada dos tripulantes. Os iranianos dizem que se trata de uma “armadilha” de quem deseja uma guerra. O incidente aumentou a tensão regional e elevou o risco de um conflito e seus efeitos no preço do petróleo – depois dos ataques, o do barril subiu 3,85%. (Fonte: Estadão)

 

Dólar e aversão ao risco

(Índice de volatilidadedos preços das opções do S&P 500)

 

Com a melhora de humor de mercado, o VIX vem caindo nas últimas semanas, tendo trabalhado na média de 15,72 contra 16,23 da semana anterior.

 

Dólar index

(Relação do dólar com uma cesta de moedas)

O dólar operou estável contra cesta de moeda tendo trabalhado na última semana na média de 97,21

Perspectivas

A previsão do dólar para 2019

As expectativas dos 109 economistas consultados pelo Banco central para 30/06/2019 são:

  • Valor mínimo esperado: R$ 3,50
  • Valor médio esperado: R$ 3,86
  • Valor máximo esperado: R$ 4,10

Dólar americano hoje:

Às 15h30 o dólar comercial apresentava queda de 0,16% cotado a R$ 3,8546.

O dólar turismo neste mesmo horário é oferecido pela Meu Câmbio a R$ 3,964 + IOF.

 

Dólar
Período Variação
19/jun/19 -0,16%
1 semana -0,32%
1 mês -4,61%
No ano -0,54%

 

Euro hoje:

 

 

Às 15h30 o euro comercial apresentava alta de 0,25%, cotado a R$ 4,333.

O euro turismo neste mesmo horário é oferecido pela Meu Câmbio a R$ 4,46 + IOF.

 

Euro
Variação Variação
19/jun/19 0,25%
1 semana -0,71%
1 mês -3,84%
No ano -2,23%

 


RELACIONADOS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação […] LEIA MAIS


Dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Para quem nunca viajou sozinho, é normal que surjam dúvidas na hora de planejar uma viagem. Elaborar um roteiro, reservar hospedagem e passagens com antecedência são etapas essenciais para via […] LEIA MAIS

Recentes


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação […] LEIA MAIS


Dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Para quem nunca viajou sozinho, é normal que surjam dúvidas na hora de planejar uma viagem. Elaborar um roteiro, reservar hospedagem e passagens com antecedência são etapas essenciais para via […] LEIA MAIS