Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Vale a pena fazer um seguro de viagem?

29 de novembro , 2018 | em #MeuCâmbio, Artigo, Dicas de viagem, Turismo |

Ninguém gosta de se imaginar em situações perigosas, mas aquele “e se” ainda pode nos salvar! Vai para algum país de culinária exótica? E se… Vai caminhar até Macchu Picchu? E se… Vai passear no shopping em Los Angeles? E se… Até em um tropeço na rua você pode precisar ir ao hospital.

Ele pode ser visto como um gasto a mais, porém imagine o valor de um objeto na loja. Caro, certo? Converta para o real. Mais caro ainda. Agora troque o objeto por uma conta de hospital. Desesperador.

Além disso, a mala pode ser extraviada e os pertences roubados. São imprevistos são possíveis de ser impedidos com planejamento. O seguro de viagem é fundamental, principalmente para quem leva as crianças. Basicamente ele serve como um seguro normal, somente no período de viagem informado, um pouco para mais, caso emergências ocorram.

Por isso, hoje a Meu Câmbio vai te ajudar a entender este produto e encontrar um plano econômico para sua viagem.

Assistência ou seguro de viagem?

Não, eles não são a mesma coisa, embora algumas seguradoras costumem oferecer os dois serviços. A intenção é a mesma, contudo a forma de acionar o serviço é bem diferente.

Quem opta pelo seguro tradicional precisa ter em mente que ele funciona assim como qualquer seguro no Brasil. Quem paga pelos serviços do hospital é o viajante, só depois com os recibos ele pode ser ressarcido pela seguradora. No caso de objetos roubados, o viajante deve levar os boletins de ocorrência ou quaisquer notas ficais que comprovem o valor dos objetos perdidos.

Já quem escolhe pela assistência está um pouco mais coberto. O viajante fecha o contrato com a seguradora com um limite de valor estabelecido e muitas vezes pago previamente. Durante a viagem ele não precisa arcar com nenhum gasto relacionado ao imprevisto que ultrapasse o limite previsto, porém deve consultar a prestadora de serviço caso algo ocorra. Isso acontece porque a seguradora indica onde o viajante será atendido de acordo com o orçamento. Ir ao local indicado é obrigatório, caso contrário o cliente terá de pagar pelo gasto e não receberá o valor de volta.

O que os planos de viagem têm em comum?

Geralmente as seguradoras fazem planos com base no tipo de viagem, tanto em relação à periculosidade quanto ao destino. Por exemplo: caso seja para uma ilha ou inclua passeios em áreas preservadas, o risco é maior do que em um passeio tranquilo pelo centro de Lisboa. Assim como em viagens mais longas a probabilidade de ocorrer um acidente é maior, portanto mais dinheiro deve ser investido no plano.

O destino não influencia apenas nas situações de risco, ele também interfere no pacote por motivos de legislação do local escolhido. Os países europeus, sejam eles pertencentes ou não à União Europeia, respeitam um acordo chamado Tratado de Schegen, para permitir a livre circulação entre as fronteiras. Dentre suas exigências, está o trânsito do estrangeiro pelos limites de cada país.

É exigido do viajante o seguro de viagem internacional, passaporte com no mínimo seis meses de validade, passagens aéreas de ida e volta com permanência máxima de três meses (90 dias) e o seguro ou assistência deve ter valor mínimo de 30 mil euros, obrigatoriamente.

Confira se sua seguradora tem planos especiais para viagens de aventura, para a América Latina e para a Europa.  Usando qualquer um dos planos, é necessário ter dinheiro guardado para os medicamentos e para um possível deslocamento a hospitais, mais gastos supostamente imprevisíveis. Que tal deixar uma quantia especialmente para isso? Comparando moedas na Meu Câmbio você pode encontrar os menores valores nas instituições financeiras e pode economizar mais do que imagina. E aí? Vamos planejar essa viagem?

 

 


RELACIONADOS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que p […] LEIA MAIS


Economizar para viajar mais

Além de exigir vontade, conhecer o mundo requer planejamento. A começar pelo financeiro. Organizar o orçamento e deixar as contas em dia ajudam a conferir quanto poderá ser poupado todos os meses […] LEIA MAIS

Recentes


O que fazer durante uma longa conexão

Muitas vezes optamos por voos com conexão por conta do preço ou porque, dependendo do destino, é nossa única opção. Mas, logo após a compra da passagem, sempre bate aquela dúvida: o que fazer […] LEIA MAIS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação que p […] LEIA MAIS