Bem-vindo, CITRUS 7
TOTAL TRANSFERIDO BRL 1500,00 ECONOMIZADO BRL 44,00

Vale a pena fazer um seguro de viagem?

29 de novembro , 2018 | em #MeuCâmbio, Artigo, Dicas de viagem, Turismo |

Ninguém gosta de se imaginar em situações perigosas, mas aquele “e se” ainda pode nos salvar! Vai para algum país de culinária exótica? E se… Vai caminhar até Macchu Picchu? E se… Vai passear no shopping em Los Angeles? E se… Até em um tropeço na rua você pode precisar ir ao hospital.

Ele pode ser visto como um gasto a mais, porém imagine o valor de um objeto na loja. Caro, certo? Converta para o real. Mais caro ainda. Agora troque o objeto por uma conta de hospital. Desesperador.

Além disso, a mala pode ser extraviada e os pertences roubados. São imprevistos são possíveis de ser impedidos com planejamento. O seguro de viagem é fundamental, principalmente para quem leva as crianças. Basicamente ele serve como um seguro normal, somente no período de viagem informado, um pouco para mais, caso emergências ocorram.

Por isso, hoje a Meu Câmbio vai te ajudar a entender este produto e encontrar um plano econômico para sua viagem.

Assistência ou seguro de viagem?

Não, eles não são a mesma coisa, embora algumas seguradoras costumem oferecer os dois serviços. A intenção é a mesma, contudo a forma de acionar o serviço é bem diferente.

Quem opta pelo seguro tradicional precisa ter em mente que ele funciona assim como qualquer seguro no Brasil. Quem paga pelos serviços do hospital é o viajante, só depois com os recibos ele pode ser ressarcido pela seguradora. No caso de objetos roubados, o viajante deve levar os boletins de ocorrência ou quaisquer notas ficais que comprovem o valor dos objetos perdidos.

Já quem escolhe pela assistência está um pouco mais coberto. O viajante fecha o contrato com a seguradora com um limite de valor estabelecido e muitas vezes pago previamente. Durante a viagem ele não precisa arcar com nenhum gasto relacionado ao imprevisto que ultrapasse o limite previsto, porém deve consultar a prestadora de serviço caso algo ocorra. Isso acontece porque a seguradora indica onde o viajante será atendido de acordo com o orçamento. Ir ao local indicado é obrigatório, caso contrário o cliente terá de pagar pelo gasto e não receberá o valor de volta.

O que os planos de viagem têm em comum?

Geralmente as seguradoras fazem planos com base no tipo de viagem, tanto em relação à periculosidade quanto ao destino. Por exemplo: caso seja para uma ilha ou inclua passeios em áreas preservadas, o risco é maior do que em um passeio tranquilo pelo centro de Lisboa. Assim como em viagens mais longas a probabilidade de ocorrer um acidente é maior, portanto mais dinheiro deve ser investido no plano.

O destino não influencia apenas nas situações de risco, ele também interfere no pacote por motivos de legislação do local escolhido. Os países europeus, sejam eles pertencentes ou não à União Europeia, respeitam um acordo chamado Tratado de Schegen, para permitir a livre circulação entre as fronteiras. Dentre suas exigências, está o trânsito do estrangeiro pelos limites de cada país.

É exigido do viajante o seguro de viagem internacional, passaporte com no mínimo seis meses de validade, passagens aéreas de ida e volta com permanência máxima de três meses (90 dias) e o seguro ou assistência deve ter valor mínimo de 30 mil euros, obrigatoriamente.

Confira se sua seguradora tem planos especiais para viagens de aventura, para a América Latina e para a Europa.  Usando qualquer um dos planos, é necessário ter dinheiro guardado para os medicamentos e para um possível deslocamento a hospitais, mais gastos supostamente imprevisíveis. Que tal deixar uma quantia especialmente para isso? Comparando moedas na Meu Câmbio você pode encontrar os menores valores nas instituições financeiras e pode economizar mais do que imagina. E aí? Vamos planejar essa viagem?

 

 


RELACIONADOS


7 museus diferentes para você conhecer pelo mundo

Sempre que falamos em museu, lembramos imediatamente de pinturas clássicas, obras mundialmente reconhecidas ou qualquer outro tipo de clichê das artes, mas pode esquecer isso! Tudo à nossa volta e […] LEIA MAIS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação qu […] LEIA MAIS

Recentes


7 museus diferentes para você conhecer pelo mundo

Sempre que falamos em museu, lembramos imediatamente de pinturas clássicas, obras mundialmente reconhecidas ou qualquer outro tipo de clichê das artes, mas pode esquecer isso! Tudo à nossa volta e […] LEIA MAIS


Panorama de Mercado

Análise Meu Câmbio Acompanhe semanalmente a evolução do preço do dólar, euro e saiba tudo que pode influenciar o preço das moedas. Com a Meu Câmbio você tem acesso a toda a informação qu […] LEIA MAIS